Pastorais

Pastoral Carcerária

pastoral carceraria

A Pastoral Carcerária é a presença de Cristo e de sua Igreja no mundo dos cárceres onde procura desenvolver todos os trabalhos que essa presença vem a exigir.

A Pastoral mantém contatos e relações de trabalho e parceria com organismos dos poderes Executivo, Judiciário e Legislativo, como também ONG’s locais, nacionais e internacionais.

Características da Pastoral Carcerária
1) Está junto das pessoas privadas de liberdade. Só a proximidade que nos faz amigos nos permite apreciar profundamente os valores das pessoas privadas de liberdade, seus legítimos desejos e seu modo próprio de viver a fé. À luz do Evangelho reconhecemos sua imensa dignidade e seu valor sagrado aos olhos de Cristo, pobre como eles e excluído como eles. Desta experiência cristã compartilharemos com eles a defesa de seus direitos”. (DA.398)

2) Busca a Libertação integral. Consciente de que precisa enfrentar as urgências que decorrem da violência e da miséria do sistema prisional, o agente de Pastoral Carcerária sabe que não pode restringir sua solidariedade ao gesto imediato da doação caritativa. Embora importante e mesmo indispensável, a doação imediata do necessário à sobrevivência não abrange a totalidade da opção às pessoas privadas de liberdade. Antes de tudo, esta implica convívio, relacionamento fraterno, atenção, escuta, acompanhamento nas dificuldades, buscando, a partir das pessoas privadas de liberdade, a mudança de sua situação. As pessoas presas são sujeitos da evangelização e da promoção humana integral. (CNBB – Nº 94, parg. 71)

3) Luta para cancelar toda legislação e normas contrárias à dignidade e aos direitos fundamentais às pessoas privadas de liberdade, assim como as leis que dificultam o exercício da liberdade religiosa em benefício dos reclusos e busca, a quem transgride o caminho, o resgate e uma nova e positiva inserção na sociedade.

4) Respeita a dignidade da pessoa humana. Isso significa tratar o ser humano como fim e não como meio, não o manipular como se fosse um objeto; respeitá-lo em tudo que lhe é próprio: corpo, espírito e liberdade; tratar as pessoas presas como ser humano sem preconceito nem discriminação, acolhendo, perdoando, recuperando a vida e a liberdade de cada um, denunciando os desrespeitos à dignidade humana e considerando as condições materiais, históricas, sociais e culturais em que cada pessoa vive.

www.carceraria.com.br

Reunião da Pastoral Carcerária

A reunião da Pastoral Carcerária em nossa Paróquia acontece somente na 2ª sexta-feira do mês às 19h30 na Comunidade São Francisco de Assis.

Pastoral Catequética do Crisma

Jesus catequisando jovemA missão principal desta pastoral é preparar as pessoas que desejam confirmar sua fé católica para receber o Sacramento do Crisma (ou Sacramento da Confirmação) de modo que assumam seus papéis como cristãos e católicos, sendo luz do mundo e sal da terra.

O sacramento do Crisma é o sacramento da maioridade. Ele nos marca como membros adultos da Igreja. Só deve receber o Crisma quem já tem maturidade na fé. Uma fé crescida, madura, experimentada.

Através do Sacramento do Crisma nós somos chamados para agir, para trabalhar na comunidade.

Principais atividades:

  • Gincana Mariana dos Crismandos
  • Lual dos Crismandos
  • Dia de Retiro Espiritual para todos os Crismandos
  • Apoio durante a Santa Missa de Crisma
  • Encontros de Catequese Crismal

Pastoral da Acolhida

Jesus abraçando“Acolhei-vos uns aos outros, como Cristo nos acolheu para a glória do Pai” (Rom 15,7).

É um trabalho de acolhimento aos irmãos para que possam se sentir melhores nas missas e encontros. O objetivo da pastoral é preocupar-se em acolher de forma calorosa e bela os fiéis e isso depende diretamente da qualidade da recepção que lhes são direcionadas. As pessoas que vêm à nossa igreja devem voltar para casa mais felizes e agradecidas, com a sensação de que continuar participando faz bem.

É um trabalho de acolhimento aos irmãos para que possam se sentir melhores nas missas e encontros, estando disponíveis, para cumprir com as necessidades da comunidade, promovendo a evangelização pelo testemunho dos evangelizadores.

O acolhimento é  um serviço evangélico que prestamos à comunidade e por isso deve ser disciplinado com base na Palavra de Deus, que motiva e anima os acolhedores a desempenharem um bom trabalho de pastoral.

Reunião da Equipe de Acolhida:

  • 2ª segunda-feira do mês, 20h, Comunidade São Francisco de Assis (matriz) 

Pastoral da Criança

Pastoral da criançaA Pastoral da Criança  é uma organização comunitária, de atuação nacional, que tem seu trabalho baseado na solidariedade e na partilha do saber, para a vida plena das crianças.

O objetivo da Pastoral da Criança é o desenvolvimento integral das crianças – da concepção aos seis anos de idade, promovendo, em função delas, também suas famílias e comunidades, sem distinção de raça, cor, profissão, nacionalidade, sexo, credo religioso ou político.

 

Principais Atividades:

Terça-feira 17h  - Comunidade São Francisco (matriz): Encontro “Festa da Vida” da Pastoral da Criança (somente na 3ª terça-feira do mês)
Quarta-feira 15h Comunidade São Francisco (matriz): Reunião da Pastoral da Criança
Sábado 14h Comunidade São Pedro Pescador: Encontro “Festa da Vida” da Pastoral da Criança (somente no 2º sábado do mês)

Pastoral da Pessoa Idosa

Idosos felizesO que é?

A Pastoral da Pessoa Idosa é uma organização de atuação nacional, que tem seu trabalho baseado na solidariedade e na partilha do saber. Tem por objetivo assegurar a diginidade e a valorização integral das pessosa idosas, através da promoção humana e espiritual, respeitando seus direitos, num processo educativo de formação continuada destas, de suas famílias e de suas comunidades, sem distinção de raça, cor, profissão, nacionalidade, sexo, credo religioso ou político, para que as famílias e as comunidades possam conviver respeitosamente com as pessoas idosas protagonistas de sua auto-realização, por meio das seguintes atividades:

I – Promover o desenvolvimento físico, mental, social, espiritual, cognitivo e cultural dos idosos;

II – Promover o respeito à diginidade e à cidadania das pessoas idosas, colaborando para a divulgação e implementação do Estatuto do Idoso – Lei n.10.741, de 1º de outubro de 2003.

A quem acompanha?

No 4º trimestre de 2007, segundo dados do Sistema de Informação da Pastoral da Pessoa Idosa, foram acompanhadas no Brasil, 111.804 pessoas idosas, em 3.179 comunidades, de 829 paróquias, 139 dioceses, 573 municípios de 25 Estados do país.

Quem faz o acompanhamento?

Os líderes da Pastoral da Pessoa Idosa realizam as visitas domiciliares e acompanham mensalmente oito indicadores de saúde das pessoas idosas. No ano de 2007 as ações foram realizadas por 12.225 líderes comunitários no Brasil. Desde abril de 2005 foram capacitados 19.605 líderes no Brasil.

De que forma?

A Pastoral da Pessoa Idosa capacita seus líderes comunitários para o acompanhamento das pessoas idosas com 60 ou mais anos de idade, preferencialmente as vulnerabilizadas pela pobreza ou abondono. A Pastoral zela pela formação contínua dessas lideranças voluntárias, que realizam as visitas domiciliares às pessoas idosas.

Quer saber mais?

Acesse www.pastoraldapessoaidosa.org.br ou procure os integrantes da Pastoral na paróquia.

Pastoral da Saúde

O bom samaritanoPastoral da Saúde é  repartir a atitude do bom samaritano: ver, ter compaixão, aproximar-se, acolher e servir aquele que sofre, vendo nele a pessoa do próprio Cristo, que disse: “Estive enfermo e me visitaste”.

A Pastoral da Saúde procura ter presente a situação do doente: a curta permanência em sua doença, o motivo que determinou a sua internação e a diversidade dos doentes, muitos com problemas complexos, graves, que pedem solução urgente. Isso exige dos agentes bom senso, sabedoria, disponibilidade e misericórdia.

Dentre os objetivos da Pastoral da Saúde estão: contribuir com a promoção da saúde em todas as suas dimensões, para que as pessoas possam ter, na realidade, vida em abundância, sinal do “Reino de Deus entre nós”; manter presença solidária junto aos doentes que, segundo as diretrizes da CNBB, procura promover, preservar, defender, cuidar e celebrar a vida, tornando presente no mundo da saúde a ação libertadora de Jesus, conforme nos ensina o Evangelho; e vivência da solidariedade junto aos doentes, no âmbito hospitalar, domiciliar e comunitário (dimensão solidária).

Principais atividades:

  • Atendimento na Farmácia de Remédios Fitoterápicos
    • Segunda-feira de 14h às 17h Comunidade Sagrado Coração de Jesus
    • Quarta-feira de 08h30 às 11h Comunidade Sagrado Coração de Jesus
    • Quinta-feira de 08h30 às 11h Comunidade Sagrado Coração de Jesus
  • Encontro da Pastoral da Saúde – Saída para Visitas nas Residências e Hospitais
    • Segunda-feira às 16h Comunidade Sagrado Coração de Jesus
  • Reunião da Pastoral da Saúde
    • Segunda-feira às 15h Comunidade Bom Pastor
    • Terça-feira às 14h30 Comunidade São Pedro Pescador
    • Quarta-feira às 14h Comunidade São Francisco (Matriz)

Pastoral do Adolescente

pastoral adolescente logoA Pastoral do Adolescente foi estabelecida em nossa Paróquia logo após o 3º EAC (Encontro de Adolescentes com Cristo) em 20/11/2015.

Foi criada para que os Adolescentes que tiveram sua experiência em Cristo no EAC mantivessem essa chama acesa. Nossa atuação é no sentido de integrar e mostrar para estes adolescentes que ter uma vida em Cristo Jesus é bom e possível.

Nossos encontros ocorrem na maioria das vezes no auditório da Matriz, todas as sextas das 19:30 às 21:00. Mas também temos encontros na praia, em outras Comunidades e locais com passeios externos.
Nestes encontros promovemos Adorações, pregações, testemunhos, noites de louvor, aprendizado da Bíblia, integração com as atividades paroquiais, gincanas, cinema, teatros e muita dança e diversão e etc...


facebook@pastoraldoadolescentesfa
Semanalmente passamos as informações de todo o andamento e cronograma da PA na nossa fanpage. É importante que todos os interessados busquem suas informações lá e também podem deixar anotado suas dúvidas que entraremos em contato.

Para as pessoas que gostam de trabalhar com adolescentes e desejam fazer parte de nossa Pastoral, podem comparecer em um dos Encontros e conversar com qualquer tio que lá esteja que será encaminhado ao coordenador da época.

Pastoral do Batismo

O batismo de CristoA Pastoral do Batismo cuida da preparação dos pais e padrinhos das crianças que receberão o sacramento do Batismo.

 

 

 

 

 

Principais atividades:

  • Encontro de Preparação de Batismo para Pais e Padrinhos (conforme Calendário Paroquial)
  • Apoio na Missa para o Sacramento (conforme Calendário Paroquial)

Reunião da Equipe de Batismo:

  • Segunda-feira 19h Comunidade Sagrado Coração de Jesus
  • Terça-feira 20h30 Comunidade São Francisco de Assis (matriz)

Pastoral do Dízimo

A viúva pobre fazendo sua ofertaPastoral do Dízimo é  o serviço organizado, em nível comunitário e paroquial, para que o Dízimo seja compreendido em seu verdadeiro sentido, esteja bem organizado e dê os recursos financeiros necessários para o trabalho de evangelização.

Dentre as atividades principais relacionadas a esta pastoral destacam-se: assessorar, orientar e animar cada comunidade da paróquia para que constitua a sua Equipe de Pastoral do Dízimo; ajudar a organizar, com o Conselho Paroquial, o orçamento paroquial de forma participativa e solidária; orientar as comunidades sobre o recebimento, o registro (fichário, recibos) e a prestação de contas do Dízimo.

A Diocese oferece modelos; fazer a prestação de contas do Dízimo paroquial às comunidades através de publicação mensal do balancete e da prestação de contas na assembléia paroquial; oferecer subsídios sobre o Dízimo às comunidades e fomentar processo de avaliação e animação permanente do Dízimo; encaminhar todos os meses a contribuição da paróquia à diocese, bem como a documentação contábil e administrativa.

Principais atividades:

  • 3ª quarta-feira do mês, 19h, Comunidade Bom Pastor: Reunião da Equipe de Pastoral do Dízimo
  • 1ª sexta-feira do mês, 20h, Comunidade São Francisco de Assis (matriz): Reunião da Equipe da Pastoral do Dízimo (somente na 1ª sexta-feira do mês)
  • O “Plantão do Dízimo” funciona sempre antes e depois das Missas (no balcão) e nas Secretarias Paroquial e das Comunidades durante a semana.

Pastoral Familiar

Pastoral da famíliaA Pastoral Familiar é o esforço pastoral da Igreja visando não só defender e promover o respeito à dignidade da família, seus direitos e deveres, mas também chamar a atenção para a importância e centralidade da família como o principal recurso para a pessoa, para a sociedade e para a Igreja. Ela é o lugar onde mais se investe para o desenvolvimento de um país, já que a família é indispensável para o desenvolvimento das pessoas e da sociedade.

A Pastoral Familiar foi estruturada a partir da Exortação Apostólica Familiaris Consortio, do Papa João Paulo II, com base na comunidade diocesana e paroquial. O Papa, contudo, realçou o lugar especial que, neste campo, compete à missão dos cônjuges e das famílias cristãs. Em virtude da graça recebida no sacramento do matrimônio, eles devem atuar no seio da própria família com testemunho de vida.

Resumidamente, os objetivos da Pastoral Familiar consistem, inicialmente, na preparação dos candidatos para a vida matrimonial e familiar, bem como na evangelização e promoção humana, social e espiritual das famílias já constituídas.

A Pastoral Familiar parte da família real para a família do possível, sem perder de vista a proposta da família ideal, que é a família cristã, gerada a partir do sacramento do matrimônio e vivendo em forte unidade, harmonia e na gratuita e generosa solidariedade.

Principais Atividades:

  • Encontro de Preparação de Noivos (Conforme calendário Paroquial)
  • Encontro para Casais de 2ª União (Conforme calendário Paroquial)
  • Quarta-feira 20h30 Comunidade São Francisco de Assis (matriz): Reunião da Pastoral Familiar
  • Sexta-feira 19h30 Comunidade Sagrado Coração de Jesus: Adoração ao Santíssimo Sacramento (toda 1ª sexta-feira do mês)

 

Pastoral Litúrgica

Jesus e a EucaristiaA Pastoral Litúrgica tem por objetivo acompanhar, incentivar e promover a vida litúrgica e a sua renovação, visando a formação litúrgica em todos os níveis e um sólido aprofundamento teológico das celebrações para que elas contribuam para a maturidade das pessoas e da comunidade em Cristo, em vista da construção do Reino de Deus.

Conforme o documento Animação da vida litúrgica no Brasil (nº43), da CNBB,

“A equipe há de reunir pessoas que tenham dom e capacidade ou que já exerçam ou gostariam de exercer funções específicas na celebração. O ideal é que ela (a celebração) reflita a assembléia na sua diversificação de idade, sensibilidades e engajamentos nas diversas dimensões da pastoral da igreja. A renovação periódica dos seus membros, para evitar monopólios, cansaço, rotina, e para permitir efetivamente a participação da comunidade, é muito importante” (Doc. 43, Art. 216).

Quanto às Equipes de Celebração, por sua vez, a CNBB possibilita que “além de estarem abertas à participação para um número maior e mais variável de pessoas, podem ser constituídas por grupos definidos, sob a orientação da Equipe de Pastoral Litúrgica. A paróquia terá então as equipes de jovens, dos casais, das catequistas, do quarteirão, do bairro ou do movimento, que vão se revezando na animação das Missas e dos sacramentos” (n.º 217).

Reunião da Equipe da Pastoral Litúrgica:

  • Quarta-feira 19h30 Comunidade Bom Pastor